SVicente's Blog

Follow me and you'll know what I like to do

Atualizando a versão do java no Linux Mint

Não é difícil! Basta seguir EXATAMENTE os passos contidos neste artigo de dicas do Ubuntu:

http://tipsonubuntu.com/2016/07/31/install-oracle-java-8-9-ubuntu-16-04-linux-mint-18/

Install Oracle Java 8 / 9 in Ubuntu 16.04, Linux Mint 18

Eu fiz passo a passo e deu certo:

> $ java -version

O comando responde:

java version “1.8.0_131”
Java(TM) SE Runtime Environment (build 1.8.0_131-b11)
Java HotSpot(TM) 64-Bit Server VM (build 25.131-b11, mixed mode)

 

 

July 14, 2017 Posted by | Linux, Programming | , , , | Leave a comment

Samsung SSID 500GB (EVO) – instalando

Siga as fotos no meu Google Photos, para acompanhar como instalei meu novo HD SSID de 500 GB para dar um up no desktop. Valeu!

https://goo.gl/photos/MBy5xXa8hBjW9GfDA

 

July 9, 2017 Posted by | Life in general, Linux | , , , | Leave a comment

Manjaro Linux – bem leve; para hardwares mais velhinhos

Mais leve que qualquer Windows que vc pensar e está atualizado, tem suporte a muitos drivers e é apoiado inclusive por uma comunidade aqui no BR. Eu passei um certo tempo analisando, decidindo por uma nova distro que pudesse fazer **reavivar** meu note antigão, mas que ainda funciona 100%, porque cuidei bem dele, essses 7 anos.

Acer Aspire 3200LCI com Manjaro Linux 15.12 xfce

Acer Aspire 3200LCI com Manjaro Linux 15.12 xfce

Para apimentar o ‘post’ vou colar o que escrevi numa outra discussão que comentava sobre a distro Linux LXLE – uma outra que andei pesquisando e ainda testei instalar, porém sem sucesso.

—-

Aí vai. Eu comentei esse post:

LXLE 14.04 – Precisa de um sistema mais leve que o Windows 8?  (no pplware.sapo.pt)

Achei interessante esta discussão toda, pessoALL, e vou por o meu bedelho nela, com todo o respeito. Primeiramente quero dizer que não sou “marinheiro de primeira viagem” uso Linux já faz muito tempo, desde os saudosos pioneiros Kurumin, Caldera, Conectiva e outros dinossauros. Já instalei de tudo. Em máquinas velhas, novas, para todos os sabores e gostos. Também de Windows eu fui (ou tive que ir muitas vezes…) por conta da empresa onde trabalho agora, onde simplesmente “baniram” a possibilidade de utilizarmos software livre. Só ainda não experimente o tal Windows 10 (e nem faço questão… mas uma hora ele chega).

Li ai que falaram que o Windows 8 não é pesado… acho q só pode estar de brincadeira o cara que fala um “troço” destes. Ou não conhece nada de SO. O Windows 7 já é pesado. Nas máquinas do trabalho, algumas com 5 anos de uso, ele se arrasta com 4 GB de RAM e, claro, um monte de penduricalhos de proteção de rede corporativa que enviam obrigatoriamente.

Imagina quando fui cair na asneira de tentar por ele (Windows original) no meu velho note ACER Aspire 3002 LCI de 1GB, AMD Sempron 2800+?! Começou até bem, mas depois que foi só instalando update em cima de update, pesou e não levantou mais. Pesquisando por distros lightweight cheguei à LXLE para 32-bit. Mas vou ser franco – ela não instalou. Deu um monte de erros de reconhecimento do hardware, além de ser lenta pra caramba para iniciar o setup. Mas ainda não desisti de tenta-la. Tenho um outro hardware antigo, melhor para testar. Uma máquina que foi top faz 5 anos e está com 8 GB de boa memória. Atualmente ela está com o Mint 17 (GNome), mas que vem apresentando algumas falhas (não comprometedoras). Estive com o Linux Mint por cerca de 3 anos nela (depois do Ubuntu Server), desde a versão 14 (antes era XFCE). Rodou bem esse tempo todo, fiz excelentes trabalhos com ela. Mas vamos mudar para ver no que dá.

Quanto ao meu velho note Acer o que acabou resolvendo MUITO BEM (já estou há uma semana com ele) foi a versão do Manjaro 15.12 XFCE 32-bit. Demorou um pouquinho pra instalar, mas depois que decolou tem rodado muito satisfatoriamente para um hardware (pra lá de) antigo. Estou teclando nela. O Firefox roda bem as páginas, flash pré-instalado, som, câmera, wifi, tudo muito fácil. E zero de linha de comando (pelo menos até agora). Tenho compensado a ausência de processador com ferramentas cloud e assim consigo executar trabalhos que antes só vinham sendo possíveis em outra cpu super-atualizadissima (4.1 GHz).

Posso dizer que recomendo BEM a experiência com o Manjaro que possui outras versões (64-bit, KDE…) e comunidade em português para tirar dúvidas (pra quem tiver dificuldade com o English). Depois que tirar a dúvida com o LXLE, talvez volte a postar pra dizer o que rolou. Abraços.

February 10, 2016 Posted by | Life in general, Linux | | 1 Comment

Instalando IRPF2012 1.1 e ReceitaNet 1.01 no Linux – dicas

Agora há pouco me deparei com uma “tarefazinha” chata de fazer na minha distro Ubuntu: atualizar as versões dos programas da Receita Federal do IRPF 2012. Tive que dar um auxílio numa retificação de declaração e exigiram (a RFB) do meu camarada que fosse feita utilizando a versão mais nova dos programas. Fui no site da Receita e baixei. O link é esse aqui (pelo menos hoje – 14/09/2012):

http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoafisica/irpf/2012/declaracao/download-programas.htm

A instalação da versão 1.1 do IRPF2012 até que foi tranquila no Ubuntu (uso a Linux Mint), o pacote já vem .deb. Então foi só utilizar o “GDebi Package Installer” e rolou “de prima”. Já a do ReceitaNet 1.01 engasgou feio! Me deparei com um erro estranho do instalador cuja mensagem dizia assim:

Error: dependency is not satisfiable

Procurei no Google por essa mensagem associada ao ReceitaNet mas não encontrei nada. Somente restringindo a busca a mensagem de erro propriamente dita, encontrei alguns caras sugerindo que o problema se resolveria se não fosse utilizada a versão do Java OpenJDK que vem por padrão no Ubuntu. Em vez disso, atualizar o Java direto do site da Oracle.

Fui até esse link e baixei: http://docs.oracle.com/javase/7/docs/webnotes/install/linux/linux-jdk.html

Seguindo as instruções que estavam nele, “quebrei a cara” pois o pacote vem em .rpm e a transformação dele para .deb utilizando o “alien” não deu certo nem por decreto. Já estava me desanimando quando… pesquisei mais no Google e descobri que a Oracle “fez o favor” de, após adquirir a Sun, criar diversas barreiras para que se fizesse a atualização do Java conforme se fazia antes até a versão 1.6.

Então, encontrei este artigo fantástico em um sítio português

http://ubuntued.info/como-instalar-o-oracle-java-no-ubuntu

que conta direitinho a maneira de se fazer isso com a mesma rotina que tínhamos antes dessa “mãozada” da Oracle. Basta executar os 2 comandos abaixo na janela Terminal, que você terá novamente a versão mais atualizada do Java (1.7), sem “perrengues”.

  1. sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java && sudo apt-get update
  2. sudo apt-get install oracle-jdk7-installer

Após, para conferir, como o mesmo artigo sugere, rodei o comando “java -version” e lá estava:

java version “1.7.0_07”
Java(TM) SE Runtime Environment (build 1.7.0_07-b10)
Java HotSpot(TM) 64-Bit Server VM (build 23.3-b01, mixed mode)

Daí, se vc já tinha uma versão anterior instalada e quiser setar a sua instalação para uso da 1.7, faça o seguinte:

$ sudo update-alternatives –config java

Escolha o número correspondente à versão mais atual. No meu caso foi o 2:

There are 2 choices for the alternative java (providing /usr/bin/java).

Selection    Path                                     Priority   Status
—————————————————————————————–
0            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java   2         auto mode
1            /usr/java/jre1.6.0_31/bin/java                  1         manual mode
* 2            /usr/lib/jvm/java-7-oracle/jre/bin/java   2         manual mode

Pronto, daí é rodar novamente o instalador “GDebi” para o pacote do ReceitaNet que o “bixo” vai funfar, sem aquela mensagem indesejável. Vide figura abaixo:

Screenshot_ReceitaNet_Installer

É isso, pessoALL. Qualquer dúvida é só postar. Se eu puder ajudar, será um prazer.

Linux neles, gALLera!

September 14, 2012 Posted by | Linux | , , , , , | 1 Comment

Programa do IRPF 2012 – instalação fácil no Linux

Hoje, instalei tranquilamente o programa do Leão 2012. Já se vai longe os tempos em que essa instalação para os usuários do Software Livre dava boas dores de cabeça. Ufff…

IRPF 2012 no Linux

Tá tranquilo. Segui 2 orientações contidas nas páginas abaixo, ambas dentro do “Blog do usuário Linux” – Linux-Like:

Parabéns ao autor. Vou dar um resumo aqui, mas quem quiser ver os detalhes visite mesmo o blog.

  1. Baixe e instale primeiro o Java se a sua distribuição ainda está com ele instalado. Algumas já vem com ele ou se vc instalou um Eclipse, por exemplo…
    O endereço para download é: http://www.java.com/pt_BR/download/linux_manual.jsp?locale=pt_BR
  2. Siga bem o passo número 2 digitando os comando na janela “Terminal”.
    Dica: se a sua distro não habilita o “sudo” troque para o usuário “root” (comando “su”) e execute os comandos da mesma maneira.
  3. Se o java estiver instalado OK quando executar o comando “java -version”, o resultado aparecerá assim:
    java version “1.6.0_23”
    OpenJDK Runtime Environment (IcedTea6 1.11pre) (6b23~pre11-0ubuntu1.11.10.2)
    OpenJDK 64-Bit Server VM (build 20.0-b11, mixed mode)
  4. O passo “3” não é necessário (instalar o java plugin) para rodar o programa do Imposto de Renda. Vá direto para a 2a. página – como instalar o IRPF 2012.
    Para baixar o programa, vá até o sítio da Receita Federal. Página de “Pessoa Física – Declaração 2012 – Downloads“.
  5. Daí em diante é bem mais fácil. No caso das distribuições baseadas em “Debian”, somente executar o pacote através do “Package Installer” (GDebi).
    Vá até o diretório onde o navegador fez o download e abra os arquivos “.deb”.

Boa sorte! (Qualquer dúvida, comente…)

April 2, 2012 Posted by | Linux | , , | Leave a comment

Linux Mint – esse eu gostei!

Bem, andei usando o Fedora KDE 16, mas confesso que não me acostumei ainda. Em relação ao Mandriva KDE tem muito q melhorar. Sei lá… mas ainda vou insistir um pouco mais com ele.

Já em outra máquina que eu tinha instalado um Mandriva One (2010.0) com Gnome que também foi ficando bem desatualizada, resolvi “rodar” com ele.

E escolhi o “Linux Mint“. A partir de uma pesquisa no Linux DistroWatch vi que estava bem cotado e parti para a experiência. Confesso que estou muito satisfeito com o resultado. Show de bola! É leve, a instalação é tranquila, o download de pacotes é muito bem selecionado. O novo Gnome está bem organizadíssimo. Vale a pena. Parece que a comunidade brasileira que usa ainda não é relevante, mas à medida que for se popularizando vc vai ver mt por aí.

LInux Mint 12

P.S. Hoje me bateu um saudosismo… Lembrei das distribuições lá de trás que já andei testando e usando. Já se vai um tempo que eu parei de me “obrigar” a utilizar o (R)Windows. Só mesmo por imposição ou força de trabalho. Fiquei até fazendo as contas e descobri que a mudança pra valer ocorreu mesmo em 2003, quando “limpei” a minha máquina e instalei só o bom e velho Kurumin – quem se lembra dele? Dava conta direitinho do recado. Grande Morimoto!

Fiquei navegando pela Wikipedia e a comparação de distros – http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_Linux_distributions. Cara, já passei por várias, algumas rapidinho, outras marcaram época.

March 31, 2012 Posted by | Linux | , | Leave a comment

Linux – mudando para a distro Fedora 16 KDE

Gente, cansei do Mandriva 2010.0 e seus erros de atualização. O sistema foi ficando defasado e nenhum dos novos equipamentos se conectava bem. Cada instalação, um parto e… agora, para colocar uma nova placa de vídeo (simples-zinha, uma GeForce 8400) deu crash no S.O. 


Parti para a Fedora 16 KDE. Tô experimentando desde agora. Vamos ver como ela se sai… 

Veio este editor rápido de blogs, achei legal. Pode ser uma ‘mão na roda’ – Blogilo.

March 25, 2012 Posted by | Linux | , | Leave a comment

Firefox is already running but is not responding – Linux (Mandriva) bug

A couple of weeks ago I fighted with this terrific BUG in my Mandriva 2010.0 distro. And after I have tried several hints to solve this problem, one of them – VERY SIMPLE – definitively put Mozilla Firefox (3.6.9) woking on again. (The problem started when new version, 3.6.10, was trying to be updated…)

You should see, first, if your problem is not one of the 3 most usual cases. They are mentioned in Mozzila support repository as you can see in this link:

Firefox is already running but is not responding

But if it “resists” not starting, follow this track in “Linux Questions”:

http://www.linuxquestions.org/questions/mandriva-30/grief-after-installing-updates-832534/
I really hope this works for you. Next, my own reply (and the previous) when I explain what I did:

Old 10-01-2010, 12:11 AM #12
loadder
LQ Newbie
Registered: Sep 2010
Posts: 1
Rep: Reputation: 0 <!– (0)–>

I found a simple solution, I had an installation of a folder
previous version of firefox, I had the file libnssutil3.so.
What I did was replace the libnssutil3.so file in the folder /lib/
with of the previous version of firefox.
This solved the problem with firefox, thunderbird and URPM (i, e).
Here ‘s the link of the libnssutil3.so was i uploaded.
www.mediafire.com/?f3ckt49g9bsdaqn 

good luck
“the problems are not created or solved, only are transformed”


Last edited by loadder; 10-01-2010 at 12:12 AM. Reason: bad redaction

Old 10-04-2010, 12:20 AM #13
svicente99
LQ Newbie
Registered: Oct 2010
Posts: 1
Rep: Reputation: 0 <!– (0)–>

Thumbs up

 


 

Great and simple solution. Thanks a lot!!! I downloaded “libnssutil3.so” from this link you have mentioned and it works flawless!!! (if someone needs this same lib file I can send back. I made a copy on my account mail).

I was fighting with a Firefox bug (“Firefox is already running…”) since 3 weeks ago. I was closed to give up from fix it and now I am posting from Firefox again.

SVicente

October 14, 2010 Posted by | Linux | , , | Leave a comment

Setting brazilian portuguese keyboard in Acer Aspire 3002

AcerConfiguracaoTecladoPortugues

My notebook is an Acer 3002lci. Recently I’ve installed openSUSE 11 Linux distro and I liked its look-and-feel… I was a little tired using last one (XUbuntu) which  was installed since I bought it. So I decided to change.

But among some thinks I still have to set up in its configuration were keyboard layout to PT-BR (Brazilian Portuguese). I had tried several combinations and nothing works fine.

Finally I found out a solution to this case. Here you may see a print-screen.

The parameters I put:

Type: Acer C300

Layout: EUA

Variant: alt-intl

Good luck if you have a kind of problem like this. Ha!… My graphical desktop is XFCE4.

May 23, 2009 Posted by | Linux | , | Leave a comment

How to install WordPress in a Linux webserver

Interesting tip! I got it from:
http://www.supriyadisw.net/2006/12/wordpress-installation-on-ubuntu-with-lamp

WordPress Installation on Ubuntu with LAMP


Desktop using LAMP. Why ? One reason is that you can do a lot of developing (playing around) much quicker as there is no need to use ftp. If You like me, play around with WordPress as a developer (perhaps you create your own theme or plugin), you should install WordPress locally in your Ubuntu Linux Desktop.

You do not need to convert your Ubuntu Desktop into Ubuntu Server. You only need install addition packages that you need to run WordPress on your Ubuntu Linux desktop.

Get ready?! Let?s start to install WorPress on Ubuntu Linux desktop.

Install LAMP

You can view my previous post about LAMP Installation On Ubuntu, if you have not already done so.

Download WordPress

You can download WordPress from their official website into your Ubuntu desktop.

Extract your WordPress archieve into your server directory

sudo tar zxvf wordpress-x.x.x.tar.gz --directory=/var/www/

Prepare MySQL Database for WordPress

Create a database for WordPress on your Ubuntu, as well as a MySQL user who has all privileges for accessing and modifying it. You can use phpMyAdmin to make it easier ;)

  • First create dababase: wordpress
  • Then create a new user: wordpress with password: wordpresspassword

Write down the values you used for databasename, wordpressusername, hostname, and password for future purpose ;)

Configure WordPress Setting

Copy the wp-config-sample.php file to wp-config.php. Open and edit wp-config.php file

// ** MySQL settings ** //
define('DB_NAME', 'wordpress');
define('DB_USER', 'wordpress');
define('DB_PASSWORD', 'wordpresspassword');
define('DB_HOST', 'localhost');

Run the Install Script

Using your favorite web browser (Firefox by default), visit wp-admin/install.php within the directory into which you just installed WordPress on your web site. For example: point your browser to http://localhost/wordpress/wp-admin/install.php
.

Preview your New WordPress

Point your browser to http://localhost/wordpress.

Well done! You have your own WordPress on Your Ubuntu Linux Desktop.

April 29, 2009 Posted by | Linux | , | 9 Comments